Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Cidade participa de palestra sobre maus-tratos contra animais

A doença esporotricose também foi tema dos debates durante o evento

Túlio Andrade

Ciclo de palestras capacitou agentes de saúde para identificar e resgatar animais vítimas de maus-tratos ou infectados pela doença esporotricose

A Diretoria de Planejamento Ambiental, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), participou na manhã desta segunda-feira (19), na sede da Prefeitura de Betim, participou de um ciclo de palestras que teve por objetivo capacitar agentes de saúde para identificar e resgatar animais vítimas de maus-tratos ou infectados pela doença esporotricose, que é uma espécie de micose subcutânea que pode afetar animais e humanos. 

Outro objetivo da ação é o de integrar as cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) para estabelecer uma atuação conjunta, já que não adianta um município combater a doença e outro não. Por isso, representantes de diversas cidades estiveram presentes.  

before

Eric Machado falou das ações da Prefeitura de Contagem

  Representando a Semas, o diretor de Planejamento Ambiental, Eric Machado, explicou que foi convidado para falar sobre legislação ambiental, já que Contagem tem uma experiência de sucesso nessa área. “Através do setor de Fiscalização do Meio Ambiente, fomos o primeiro município do estado a aplicar a lei estadual de combate aos maus-tratos (Lei 22.231/16), e temos resultados muito bons para apresentar. Estamos aqui tratando de três pilares no que tange ao combate aos maus-tratos que são a legislação, a questão social e a questão da esporotricose, que é o foco agora”, disse. 

A bióloga e idealizadora do evento, Carla Roberta, explicou a importância de se identificar e tratar os animais para que a doença não saia de controle e acabe virando uma endemia, como aconteceu no Rio de janeiro. “Criamos aqui em Betim a Superintendência Especial de Proteção Animal, da qual sou superintendente. Pensamos nessas palestras para capacitar nossos agentes de saúde para que eles possam identificar os animais doentes, e encaminhar para tratamento. Também será feito um trabalho de conscientização da população, pois essa é uma doença que pode passar do animal para o homem e que, se não for devidamente tratada, pode levar à morte”, informou. 

A participação de Contagem no evento, organizado pela Prefeitura de Betim, foi um destaque e uma forma de aumentar o conhecimento dos servidores da cidade.  “Faremos também palestras com a Defesa Civil, com a Guarda Civil, com os fiscais de cada município. Contagem está levando essa experiência de sucesso no combate aos maus-tratos para as cidades da região metropolitana. Betim foi só a primeira”, completou Eric Machado.

   

REPÓRTER: Túlio Andrade   FOTO CRÉDITO: Túlio Andrade   

PUBLICAÇÃO: 19/02/2018 15:11:05