Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Estudante da rede municipal é um talento em caricaturas

Aluno da Escola Glória Marques Diniz recebe incentivo dos pais e professores para aprimorar a capacidade

Newton de Castro Resende

Paulo Henrique tem grande aptidão para os desenhos e caricaturas

O professor além de trabalhar a grade curricular nas escolas deve também ficar atento ao que os alunos produzem dentro e fora da sala de aula. Existem relatos de projetos que vão além conteúdo dado por seus docentes. No caso da Escola Municipal Glória Marques Diniz, na região do Nacional, existem talentos de mão cheia que exibem aptidão no extraclasse.

Conhecido por fazer caricaturas e desenhos japoneses, o estudante Paulo Henrique Moraes adora fazer os famosos rostos jocosos. Ele usa como modelo celebridades, familiares e amigos. Torcedor do Clube Atlético Mineiro, Paulo tem como ídolos os ex -jogadores, Ronaldinho Gaúcho e Lucas Pratto. Ambos estão estampados nas folhas de papel que guarda em sua pasta. Por meio da sua paixão pelos rabiscos mais de 50 personagens estão prontos para serem mostrados “Eu sempre tive vontade de aprender. Comecei treinando em desenhos de séries japonesas. Na escola, os professores e estagiários me deram incentivo para fazer caricaturas. Foi então que percebi que tinha também capacidade para esse trabalho”, explica.

A mãe do jovem de 13 anos, Júnia Maria Moraes, destaca que sempre participa das atividades que seu filho faz na escola. E que fica satisfeita por saber que ele possui um talento que pode ser usado para projetos futuros. “Eu sempre incentivei o meu filho nas tarefas escolares. Eu acredito no potencial dele e sei que irá longe na busca por seus sonhos”, realça.

Casos assim servem como espelho para a produção e criação de conteúdo nas redes de ensino. É importante que quem leciona participe do dia a dia do aluno na escola. A dedicação deve existir para aprimorar o aprendizado. “Nós do corpo docente devemos ficar atentos aos talentos que surgem em nossas escolas. O professor é fundamental para despertar habilidades ocultas nos alunos”, finaliza a diretora Sirlene Mônica de Moura.

   

REPÓRTER: Leonardo Melo   FOTO CRÉDITO: Newton de Castro Resende   

PUBLICAÇÃO: 25/05/2017 18:44:58