Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Samu recebe reconhecimento pelo trabalho eficiente

Bebê de um ano, socorrido pelo Samu, visita equipe que participou do seu salvamento

Fábio Silva

Primeiros socorros garantiram ao pequeno João Felipe mais chances de recuperação

A equipe de resgate do Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) de Contagem recebeu, na sexta-feira (2), uma visita especial de um bebê que teve cerca de 15% do corpo queimado. A tragédia aconteceu no dia 22 de dezembro de 2017. 

Shirlei Pereira Souza, 39 anos, mãe de João Felipe Souza Silva, que tem apenas 1 ano de vida, fez questão de ir com a família ao Samu para agradecer o atendimento dos profissionais que salvaram a vida de seu filho. “Meu filho ficou 15 dias internado e passou por algumas complicações, mas graças à eficiência dos primeiros socorros a chance dele sobreviver aumentou e hoje está se recuperando em casa, por isso fiz questão de vir agradecer as pessoas que cuidaram do João Felipe”, destaca a mãe da criança. 

O Enfermeiro do Samu, Valério Morais, participou do socorro à criança e afirma que a visita da família o deixou emocionado. “O reconhecimento pelo nosso trabalho é o que nos incentiva, a equipe toda ficou feliz ao ver o João Felipe se recuperando e satisfeita com apreço dos pais pelo nosso trabalho. Somos dedicados e trabalhamos contra o tempo para salvarmos o maior número de vidas possíveis”, salienta. 

before

Ao lado da família, João Felipe visitou equipe do Samu

  João Felipe foi levado pelo Samu para o Complexo Hospitalar, onde foi entubado e transferido de helicóptero para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte, devido à gravidade do acidente. A mãe conta que o acidente ocorreu enquanto aguardava atendimento em um salão de beleza, no bairro Industrial. João Felipe brincava pelo estabelecimento quando puxou o fio da tomada de um ebulidor que estava dentro de um recipiente aquecendo a água quente que caiu sobre o corpo do bebê. 

A Secretaria de Saúde alerta sobre os cuidados para prevenir queimaduras em crianças:

- Deixe líquidos e comidas quentes fora do alcance das crianças;
- Mantenha as crianças fora da cozinha, principalmente se o fogão ou o forno estiverem ligados. Prefira cozinhar nas bocas de trás do fogão e com o cabo das panelas virados para dentro;
- Os produtos químicos, como álcool, artigos de higiene e produtos de limpeza em geral, devem ser mantidos fora do alcance das crianças;
- Atenção à água do banho: a temperatura ideal é 37o C. Teste a água da banheira com a mão. Caso o chuveiro for do tipo que mistura água quente e fria, um adulto deve regular a temperatura antes de a criança tomar banho;
- Álcool líquido e outros combustíveis (querosene, gasolina, thinner, etc.) não devem ser armazenados em casa. Isso porque eles inflamam facilmente na presença de chamas ou faíscas, o que pode causar queimaduras graves;
- Fogos de artifício jamais devem ser manipulados por crianças;
- Use protetores de tomadas e substitua os fios desencapados;
- Evite ligar vários aparelhos eletrônicos na mesma tomada;
- As crianças não devem brincar com pipas e papagaios perto da rede elétrica;
- Para evitar queimaduras provocadas pelo Sol, evite a exposição entre as 10h e 16h. Use protetor solar mesmo em dias nublados;
- Cuidado com as velas: elas devem ficar longe dos pequenos, assim como de cortinas e lençóis. Ao sair de casa, apague-as. 

   

REPÓRTER: Nayara Vianna   FOTO CRÉDITO: Fábio Silva    

PUBLICAÇÃO: 05/03/2018 16:32:39