Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Saúde Mental promove Carnaval da unificação para festejar as diferenças

Pacientes dos sete postos de atendimento de Contagem participaram da folia

Fábio Silva

O Carnaval foi animado pela banda de música da Guarda Civil

Animação e muita alegria. Foi assim o Carnaval da Saúde Mental de Contagem, que lotou o Espaço do Saber, no Eldorado, cedido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Os foliões cantaram e dançaram ao som da banda da Guarda Civil.

Foi a primeira vez que todos os pacientes atendidos nos serviços de saúde mental da Prefeitura de Contagem participaram do Carnaval em um evento único. Até então, cada Centro de Apoio Psico-Social (Caps) se organizava e fazia a sua festa.

Pacientes assistidos nos sete locais de atendimento mental do município aproveitaram o momento para a diversão, mas também para agradecer a gestão e organização do evento.

Flávio Mosele não faz mais o acompanhamento nos Caps de Contagem, mas continua frequentando o Centro de Convivência. Para ele, momentos assim são os melhores da vida, pois o ajudam a se relacionar melhor com a sociedade.

Mesma opinião tem Soraya ferreira, usuária dos serviços de saúde mental da prefeitura. “Tudo muito bom. Essa alegria e festa fazem com que eu fique menos surtadinha", brincou. Ela gosta de todo o atendimento que recebe no Caps e diz que esse envolvimento com outros atendidos a ajuda a superar muitos problemas na vida, fazendo com ela consiga viver em sociedade.

Para Karen Alvim, uma das organizadoras do evento, o objetivo foi atingido. A ideia de unificar o Carnaval surgiu da diretora do Caps Sede, Angelita Marques, e foi abraçada pela coordenadora de Saúde Mental, Luísa Mara.

Rafael Kalil, referência técnica da Saúde Mental, disse que a ação pública serve para buscar a unidade e comunidade. Os atendidos vivem a diversidade preservando as diferenças de cada um. A proposta, destaca Kalil, é proporcionar um momento com música e cultura para os portadores de sofrimento mental.

Servidores de vários setores da Prefeitura de Contagem também deram seu grito de apoio. O secretário Municipal de Saúde, Bruno Diniz, foi representado pelo coordenador técnico da Secretaria, Luiz Fernando Avelar.

   

REPÓRTER: Aida Matos   FOTO CRÉDITO: Fábio Silva   

PUBLICAÇÃO: 09/02/2018 17:48:46