Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Obras retomadas em viadutos contra gargalos no trânsito

A previsão é que as intervenções na avenida Severino Ballesteros e Via Expressa, no Petrolândia, terminem no fim do ano

Luiz Henrique Grossi

Liberação dos viadutos irá minimizar o fluxo de trânsito nas regiões onde estão sendo construidos

Após um período de espera, devido à necessidade de intervenções de órgãos públicos estaduais, as obras nos viadutos da avenida Severino Ballesteros próximo ao Shopping Contagem, na região da Ressaca, e a construção do viaduto na Via Expressa, no bairro Petrolândia, foram retomadas. Após a conclusão de ambos, esperadas para o dezembro e outubro desse ano respectivamente, gargalos no trânsito da cidade serão minimizados. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, a mudança da rede de energia elétrica, que precisava ser feita próximo ao viaduto da avenida Severino Ballesteros, já foi executada pela Cemig.

before

Em dezembro viaduto estará aberto para o trânsito

 A construção possui três blocos, sendo duas pontas e um bloco central. As pontas já estão concretadas, e o bloco central aguardava a intervenção da Cemig para que ele recebesse o concreto. No momento o bloco central está em fase de montagem de ferragem para que em seguida receba a concretagem da laje inferior e superior.

“A obra foi retomada e estamos planejando a entrega do viaduto para primeira quinzena de dezembro, caso não aconteça mais nenhum imprevisto no decorrer do processo”, destacou Orville Napoli, secretário-adjunto de Obras, explicando sobre a conclusão da obra. 

Com relação à altura do viaduto, o Engenheiro Civil, Hudson Salgado explica que “ele está projetado com 5,5 metros de altura, que é o limite para rodovias. Dentro da cidade o limite é 4,4 metros, ou seja, ele está no limite de viadutos rodoviários, que é mais alto que os de dentro de cidade”.

Adutora

A obra do viaduto na Via Expressa, no bairro Petrolândia, estava parada devido à necessidade de mudança na adutora da Copasa. Para que isso fosse feito era necessário esperar a chegada dos tubos que serão utilizados na mudança dessa adutora. Os tubos estavam em fase de teste no Nordeste e chegaram nesse mês ao município.

As obras foram retomadas e a mudança está sendo feita na rede adutora da Copasa, para que em seguida seja construída a proteção do viaduto. A secretaria de Obras informa que o prazo aproximado para a conclusão do viaduto é o mês de  outubro, caso não tenha nenhuma interferência. 

   

REPÓRTER: Nelson Augusto   FOTO CRÉDITO: Luiz Henrique Grossi   

PUBLICAÇÃO: 20/07/2017 16:04:55

Obras do viaduto das Américas na região do Ressaca